Especiais


FESTIVAL DO RIO 2006: OS DESTAQUES

07.10.2006
Por Daniel Schenker
FESTIVAL DO RIO 2006: OS DESTAQUES DE DANIEL SCHENKER WAJNBERG

Isabelle Huppert - Excelente atriz, presente em dois filmes do festival:

A Comédia do Poder , de Claude Chabrol, onde surge mais ácida e divertida,

e Gabrielle , de Patrice Chéreau, no qual transita entre a contenção

e o arrebatamento.



Juventude em Marcha - Experiência radical, árida e recompensadora,

este filme do português Pedro Costa se destaca em uma série de quesitos:

na interpretação dos atores, que monologam diante da câmera falas, porém,

preenchidas de imagens; na estrutura de repetições do texto; no trabalho

com a cor.



Luzes na Escuridão - Filme de Aki Kaurismäki, repleto de cenas limpas, marcadas e precisas. Muitas terminam focando a imagem de um objeto ou o rosto de uma personagem (aparentemente) congelada mas nem por isso pouco expressiva.



As cores em Volver - Brilhante aproveitamento da cor por Pedro Almodóvar, em especial o azul e o vermelho, num filme contido mas intenso.



Estrutura de O Tempo Congelado e As Torres Gêmeas - Dois

filmes que não alcançam resultado satisfatório, mas trazem peculiaridades

em suas estruturas: o primeiro é um monólogo, no qual a atriz contracena

“apenas” com a natureza e o segundo sustenta suas personagens principais

em estado de quase total imobilidade durante boa parte da projeção.



O Céu de Suely - Apesar de parecer proclamar um pouco excessivamente uma busca constante por autenticidade, o filme de Karim Aïnouz alcança um resultado final bastante equilibrado, contando com bom roteiro e ótimas interpretações do elenco.



Pulsação de Proibido Proibir - É notável a habilidade de Jorge Durán

em filmar a juventude, a exemplo do que já havia conseguido no excelente

A Cor do seu Destino . A decisão de ambientar boa parte da história

no subúrbio carioca também é bastante acertada.



Valderez Freitas em Eu me Lembro - Uma das principais revelações

da última edição do Festival de Brasília (premiada, na ocasião, com o Candango

de atriz coadjuvante), Valderez Freitas brilha no filme de Edgar Navarro.





LEIA OS DESTAQUES DE CARLOS ALBERTO MATTOS



LEIA OS DESTAQUES DE JOÃO MARCELO F. DE MATTOS



LEIA OS DESTAQUES DE LUIZ FERNANDO GALLEGO



Voltar
Compartilhe
Deixe seu comentário