Críticas


OS MELHORES DE 2018

09.01.2019
Por Críticos.com.br
Confira os mais votados e as listas da equipe do site

Veja quais são os melhores filmes lançados em circuito comercial no Rio de Janeiro, na opinião dos colaboradores do nosso site.

Em algumas listas individuais há menção aos melhores filmes lançados apenas on streaming ou ainda inéditos nas salas de cinema.

Em primeiro lugar (4 votos):

INFILTRADO NA KLAN (Blackkklansman, Estados Unidos, 2018), de Spike Lee

TRAMA FANTASMA (Phantom thread, Estados Unidos, 2017), de Paul Thomas Anderson

Em terceiro lugar (3 votos):

AS BOAS MANEIRAS (As boas maneiras, Brasil, 2017), de Marco Dutra e Juliana Rojas

A FORMA DA ÁGUA (The shape of water, Estados Unidos, 2017), de Guillermo Del Toro

PROJETO FLÓRIDA (The Florida Project, Estados Unidos, 2017), de Sean Baker

SEM AMOR (Loveless, Rússia/França/Bélgica/Alemanha, 2017), de Andrey Zvyagintsev

E em sétimo lugar (2 votos):

120 batimentos por minuto (120 battements par minute, 2017), de Robin Campillo (França)

Custódia (Jusqu'à la garde, 2017), de Xavier Legrand (França)

Um Dia, (Egy nap, 2018), de Zsófia Szilágyi (Hungria/Itália)

Um Lugar Silencioso (A Quiet Place, 2018), de John Krasinski (EUA)

Maria Callas - Em suas próprias palavras (Maria by Callas, França, 2018), de Tom Volf

Me chame pelo seu nome (Call me by your name, Itália/França/EUA/Brasil, 2017), de Luca Guadagnino

A Natureza do tempo (En attendant les hirondelles, 2017, Argélia/França/Alemanha) de Karim Moussaoui

Praça Paris (Praça Paris, Brasil/Portugal/Argentina, 2017), de Lúcia Murat

Sem data, sem assinatura (No Date, No Sign, Irã, 2017), de Vahid Jalilvand

The Square: A Arte da Discórdia (The Square, Suécia, Alemanha, França, Dinamarca, 2017), de Ruben Östlund

Visages villages (Visages villages, França, 2017), de JR e Agnès Varda



AS LISTAS INDIVIDUAIS DE CADA CRÍTICO

Daniel Schenker (ordem alfabética)

1945, de Ferenc Török

As boas maneiras, de Juliana Rojas e Marco Dutra

A forma da água, de Guillermo del Toro

Infiltrado na Klan, de Spike Lee

Maria Callas – Em suas próprias palavras, de Tom Volf

Paddington 2, de Paul King

Projeto Flórida, de Sean Baker

O sacrifício do cervo sagrado, de Yorgos Lanthimos

Sem data, sem assinatura, de Vahid Jalilvand

Torquato Neto – Todas as horas do fim, de Eduardo Ades e Marcus Fernando



Hamilton Rosa Junior

1- Projeto Flórida - Sean Baker - (EUA)

2- 120 batimentos por minuto - Robin Campillo (França)

3- Ilha dos Cachorros - Wes Anderson (EUA)

4- Infiltrado na Klan - Spike Lee (EUA)

5- Visages Villages - Agnès Varda e JR (França)

6- Sem Amor - Andrey Zvyagintsev (Rússia)

7- Em Chamas – Lee Chang-Dong (Coréia do Sul)

8- Custódia – Xavier Legrand (França)

9- As Boas Maneiras – Juliana Rijas e Março Dutra (Brasil)

10- A Forma da Água – Guillermo Del Toro (EUA)

Cabe mencionar três grandes momentos de cinema em streaming:

1- Roma, Alfonso Cuarón

2- The Other Side of the Wind, Orson Welles

3- Aniquilação, Alex Garland



Luiz Fernando Gallego (ordem de preferência)

1) "Bergman 100 anos" (Bergman 100 years), de Jane Magnusson

2) "Trama fantasma", de Paul Thomas Anderson

3) "Imagens do Estado Novo - 1937-45", de Eduardo Escorel

4) "Sem amor", de Andrey Zvyagintsev

5) O Terceiro Assassinato,(Sandome no satsujin), de Hirokazu Kore-Eda

6) A Natureza do tempo", de Karim Moussaoui

7) "Viva - A vida é uma festa" (Coco), de Lee Unkrich e Adrian Molina

8) "Mudbound – Lágrimas sobre o Mississipi" (Mudbound), de Dee Rees

9) "Praça Paris", de Lúcia Murat

10) "Maria Callas - Em suas próprias palavras", de Tom Volf

Melhores lançamentos diretamente nas plataformas digitais/TV a cabo:

"A Balada de Buster Scruggs", dos Irmãos Coen;

"Lazzaro Felice", de Alice Rohrwacher



Marcelo Janot (ordem alfabética)

- O ANIMAL CORDIAL, de Gabriela Amaral Almeida (BRASIL)

- ARÁBIA, de João Dumans e Affonso Uchoa (BRASIL)

- AS BOAS MANEIRAS, de Marco Dutra e Juliana Rojas (BRASIL)

- UMA CASA À BEIRA-MAR, de Robert Guédiguian (FRANÇA)

- OS INICIADOS, de John Trengove (ÁFRICA DO SUL)

- UM LUGAR SILENCIOSO, de John Krasinski (EUA)

- UMA NOITE DE 12 ANOS, de Alvaro Brechner (URUGUAI)

- PANTERA NEGRA, de Ryan Coogler (EUA)

- THE SQUARE, de Ruben Ostlund (SUÉCIA)

- TRAMA FANTASMA, de Paul Thomas Anderson (EUA)

5 MELHORES INÉDITOS COMERCIALMENTE NOS CINEMAS:

- CAFARNAUM, de Nadine Labaki (LÍBANO)

- LAZZARO FELICE, de Alice Rohrwacher (ITÁLIA)

- PÁSSAROS DE VERÃO, de Cristina Gallego e Ciro Guerra (COLÔMBIA)

- ROMA, de Alfonso Cuarón (MÉXICO)

- SOMBRAS DA VIDA, de David Lowery (EUA)



Maria Caú (ordem alfabética)

Custódia, de Xavier Legrand

Um dia, Zsófia Szilágyi (Hungria)

Infiltrado na Klan, de Spike Lee

Um lugar silencioso, de John Krasinski

Me chame pelo seu nome, de Luca Guadagnino

Minha amiga do parque, de Ana Katz

Praça Paris, de Lúcia Murat

O processo, de Maria Augusta Ramos

Projeto Flórida, de Sean Baker

Trama fantasma, de Paul Thomas Anderson

Melhor filme de 2018 lançado diretamente nas plataformas digitais/TV a cabo:

O conto, de Jennifer Fox



Ricardo Cota

A Natureza do Tempo

Infiltrado na Klan

Trama Fantasma

Os Invisíveis

Sem Data, Sem Assinatura

Três Anúncios para um Crime

A Forma da Água

Me Chame Pelo Seu Nome

120 Batimentos por Minuto

O Grande Circo Místico



Susana Schild (sem ordem de preferência)

Um dia - Zsófia Szilágyi

Amante por um dia - Philippe Garrel

Cachorros - Marcela Said

O dia depois - Hong Sang-soo

Benzinho - Gustavo Pizzi

O insulto - Ziad Doueiri

Sem amor - Andrey Zvyagintsev

Visages villages - Agnès Varda

The Square – aarte da discórdia – Ruben Östlund

Canastra Suja - Caio Soh

Voltar
Compartilhe
Deixe seu comentário