Críticas


FESTIVAL DO RIO 2008: SEGURANDO AS PONTAS

De: DAVID GORDON GREEN
Com: SETH ROGEN, JAMES FRANCO, GARY COLE, ROSIE PEREZ
01.10.2008
Por Maria Silvia Camargo
FAZENDO CONTATO

Pesquisa recentes, escondidas nos cadernos de ciência dos jornais, mostram que a adolescência é uma fase bem mais esquisita do que se imaginava: cientistas descobriram que o cérebro desfaz e refaz mais sinapses nesta época do que na primeira infância. O que significa dizer que, tirando dois assuntos – talvez música e sexo –ninguém entre 13 e 19 anos consegue pensar em mais nada! Pois se a adolescência é esta bolha de membrana cada vez mais difícil de se penetrar, Seth Rogen e Judd Apatow –roteiristas e, este último, produtor de Segurando as Pontas - são dois destes raros nomes que os mais jovens guardam na cabeça. Não tem para Jim Carrey, Ben Stiller, Adam Sandler, Eddie Murphy... o homem é este gordinho ruivo chamado Seth Rogen! Autor de Segurando as Pontas e Super Bad ; ator do primeiro filme (além de Ligeiramente Grávidos e O Virgem de 40 Anos ); voz dos principais personagens de Horton e o Mundo dos Quem ; Crônicas de Spiderwick e Kung Fu Panda , entre outros muitos títulos, Seth é multitalentoso e rápido. Ele e o produtor Judd já têm três novos filmes prontos para 2009, com destaque para Zack and Miri Make a Porno .



O enredo básico da maioria dos filmes da dupla é: uma dupla de amigos adolescentes tenta se safar das dificuldades da idade. Se em Super Bad dois jovens amigos sofriam com a ida para a universidade e a separação; em Zack and Miri eles tentam conseguir dinheiro e, em Segurando as Pontas , o que Dale Denton (Seth Rogen) e Saul Silver (James Franco) procuram é...maconha! Dale passa o dia fumando e comprando do pequeno traficante que é Saul - que lhe apresenta a poderosa erva pineapple express - até que Dale presencia um crime cometido pelo chefão do tráfico (Gary Cole) e começa a ser perseguido por duas gangues de traficantes. Nos três filmes os jovens são uma dupla de figuraças com pouquíssima experiência com a realidade. Eles têm linguagem própria, códigos, manias que só o espelho amigo compreende. Só que aqui, além de viverem em mundos muito alienados, Dale e Saul gastam seus escassos neurônios queimando fumo. Então as situações em que conseguem se safar são quase milagrosas (mas não fantásticas, como em muitas comédias dos superastros citados acima). Quando estão escondidos numa floresta, por exemplo, e querem se livrar de seus celulares para não serem rastreados, Saul joga o seu longe...e depois não consegue encontrá-lo. Logo em seguida, doidões, se esquecem de fugir, brincando de pular carniça como duas crianças grandes.



Com apenas 26 anos de idade, Seth parece lembrar bem de sua recente adolescência e, junto com Judd Apatow, respeitá-la ao máximo. Embora façam comédia, ambos supervalorizam a amizade e o grupo – como todos os jovens – ; apostam fundo em suas idéias e soluções (por mais malucas que elas pareçam) e sempre acreditam naquele anjo da guarda que protege a turma desta idade, sempre por um triz. O resultado é que o filme, uma produção média, já rendeu US$ 86 milhões lá fora e aqui também promete.



# SEGURANDO AS PONTAS (Pineapple Express)

EUA, 2008

Direção: DAVID GORDON GREEN

Elenco: SETH ROGEN, JAMES FRANCO, GARY COLE, ROSIE PEREZ.

Duração: 111 min

Sáb, 4/10: Espaço 1 : 12hs e 23h45.

Voltar
Compartilhe
Deixe seu comentário