Críticas


ÚLTIMA PARADA 174

De: BRUNO BARRETO
Com: MICHEL DE SOUZA, CHRIS VIANNA, MARCELLO MELO JUNIOR
28.10.2008
Por Marcelo Janot
"TROPA DE ELITE" DO BEM

Última Parada 174 presta um favor enorme à sociedade e merece ser visto. É uma espécie de Tropa de Elite do Bem, feito com as melhores intenções e com um olhar humanista digno de prêmio da Unesco. A miopia dos dias atuais vai levar muita gente a vociferar pelo fato de o filme ser sobre o criminoso e não sobre a pobre moça que morreu assassinada no ônibus. Talvez o ódio cego que carregam dentro de si não os permita entender que ambos, Sandro e Geisa, foram vítimas na mesma tragédia. E que Bruno Barreto simplesmente optou por contar a vida de uma delas. Era um direito dele.



Apesar disso, Última Parada 174 está longe de ser bom cinema. É incrível como a reunião de um diretor tarimbado como Barreto com um roteirista que vem acumulando sucessos como Braulio Mantovani tenha sido capaz de produzir certos diálogos e situações tão constrangedores. Há momentos simplórios, como a analogia entre a mensagem de amor escrita com batom no espelho e, mais tarde, o batom sendo usado no vidro do ônibus durante o seqüestro. Outras são de extremo mau gosto, como a tomada das mulatas de fio dental deitadas na praia, que reproduz aquele cartão postal que vende o Rio como paraíso sexual.



Na maioria das vezes em que a assistente social e a mãe adotiva de Sandro estão em cena, a sensação que se tem é a de estarmos assistindo a uma versão cinematográfica do Telecurso Primeiro Grau, tamanho é o didatismo das falas e a artificialidade das interpretações. Se Cris Vianna jamais encontra para sua personagem um tom que fuja da interpretação-clichê da “mãe-Bíblia”, por outro lado os jovens Michel Gomes e Marcello Melo Jr são gratas revelações, emprestando verdade a tudo que está sendo visto.



É um filme impactante, não há dúvida. Mas neste aspecto, mesmo se valendo dos recursos narrativos da ficção, não consegue se equiparar ao extraordinário documentário Ônibus 174, de José Padilha.



ÚLTIMA PARADA: 174

Brasil, 2008

Direção:
BRUNO BARRETO

Roteiro: BRAULIO MANTOVANI

Fotografia: ANTOINE HÉBERLÉ

Montagem: LETÍCIA GIFFONI

Direção de arte: CLAUDIO AMARAL PEIXOTO

Música: MARCELO ZARVOS

Preparação de atores: RICARDO BLAT, ROGÉRIO BLAT

Figurinos: BIA SALGADO

Elenco: MICHEL DE SOUZA, CHRIS VIANNA, MARCELLO MELO JUNIOR, GABRIELA LUIZ, ANNA COTRIM, TAY LOPEZ

Duração: 110 minutos

Site oficial: clique aqui



Voltar
Compartilhe
Deixe seu comentário