Críticas


CRISTINA QUER CASAR

De: LUIZ VILLAÇA
Com: DENISE FRAGA, MARCO RICCA, FÁBIO ASSUNÇÃO, SUELY FRANCO
09.03.2003
Por Daniel Schenker
HUMOR COM DOSES DE DESAMPARO

Assim como em Por trás do pano , em Cristina Quer Casar o diretor Luiz Villaça demonstra razoável domínio em relação às ferramentas do entretenimento. Há vários pontos de contato entre as duas produções, a começar pelo fato de que ambas, ainda que propagandeadas como comédias românticas, não figuram exatamente como típicos representantes do subgênero – a primeira ao valorizar o contexto teatral e este novo trabalho ao destacar a melancolia de personagens desamparados, mais em decorrência de uma “sem jeitice” com o mundo do que das agruras do cotidiano, que, diga-se de passagem, não são poucas.



Poderia soar estereotipado atribuir à via-crucis da Cristina do título – que, totalmente endividada, recorre aos mais diversos bicos para seguir sobrevivendo com dignidade – um retrato de um quadro especificamente brasileiro, mas a platéia tende a se identificar com a reconstituição de ambientes (do interior de uma casa de classe-média, de um bar) e com as situações concretas que batem na tela. E não só: Cristina Quer Casar se torna mais caloroso ao trazer à lembrança sabores nacionais (um doce antigo, por exemplo, ilustrando uma determinada cena) que se mantiveram, de forma discreta, em cena, apesar do habitual desprezo com o lado humano das tradições.



Munido de qualidades que permitem ao espectador acompanhar com interesse o dilema sentimental de Cristina, que se envolve gradualmente com o dono de uma agência matrimonial ao mesmo tempo em que se entusiasma com um candidato para lá de inseguro, o filme não consegue, porém, camuflar sua feitura limitada – evidente em personagens calcados, pelo menos em parte, em tipificações (ainda que tocados com competência pelo trio formado por Denise Fraga, Marco Ricca e Fábio Assunção), num certo olhar moralista (a mocinha que, no desespero, recorre a quase todos os expedientes mas declina diante da prostituição de luxo), na repetição de piadas (reeditando, no prólogo, uma tirada de Casamento Grego , aquela que diz que a mulher é o pescoço do relacionamento, movendo a cabeça para o lado que mais interessar...) e na abrupta seqüência final.



# CRISTINA QUER CASAR

Brasil, 2003

Direção: Luiz Villaça

Elenco: Denise Fraga, Marco Ricca, Fábio Assunção, Suely Franco, Rogério Cardoso, Julia Lemmertz, Julia Feldens, Petronio Gontijo e Etty Fraser

Roteiro: Luiz Villaça, Mariana Veríssimo e João Emanuel Carneiro

Trilha sonora: Dimi Kireeff

Fotografia: Adrian Teijido

Direção de arte: Alexandre Toro

Figurino: Caia Guimarães

Duração: 105 minutos

Voltar
Compartilhe
Deixe seu comentário